Demissão de Miguel Alves já era "previsível", diz Bernardino Soares

10 nov, 23:54

A demissão de Miguel Alves como secretário de Estado Adjunto de António Costa era um desfecho "previsível", de acordo com o comentador da CNN Portugal Bernardino Soares.

Comentadores

Mais Comentadores

Mais Vistos

Patrocinados