Dani Alves foi a Barcelona para o funeral da sogra mas ficou detido por violação

21 jan, 14:56

O futebolista brasileiro Dani Alves ficou em prisão preventiva, depois de ter sido acusado de agressão sexual a uma jovem de 23 anos numa discoteca de Barcelona.

Perante o tribunal, o jogador mudou a versão que tinha dado em primeira instância. A contradição no discurso, os fortes indícios de crime e o perigo de fuga terão sido fatores determinantes para a detenção.

Europa

Mais Europa

Patrocinados