"Crime de ódio com fundamentos racistas e xenófobos." Suspeitos de ataque no Porto têm ligações à extrema-direita

6 mai, 18:29

O sociólogo Carlos Nolasco afirma que estamos “perante um crime de ódio com fundamentos racistas e xenófobos”. A PSP sublinha que os suspeitos têm ligações à extrema-direita. 

País

Mais País

Mais Vistos

Patrocinados