Até 90 dias de suspensão para os marinheiros que recusaram embarcar no NRP Mondego

Jornalista TVI e TVI24
11 abr, 20:22

A Marinha puniu nesta quinta-feira com penas de suspensão compreendidas entre dez e 90 dias os 13 militares que, em Março do ano passado, se recusaram a navegar a bordo do navio da República Portuguesa Mondego.

País

Mais País

Patrocinados