Agência Internacional de Energia Atómica alerta para "situação grave" em Zaporizhzhia

7 mai 2023, 13:51

Ucrânia afirma que as forças russas bombardearam a região da maior central nuclear da Europa 75 vezes durante o sábado. Na frente leste, Bakhmut foi atacada com bombas de fósforo branco pela segunda noite consecutiva

Europa

Mais Europa

Patrocinados