"A OMS, o que está a alertar, mais uma vez, é que a Covid não desapareceu"

20 dez 2023, 08:55

Gustavo Tato Borges, especialista em Saúde Pública, explica que a nova variante da covid-19 não terá "um peso considerável para ocupar vagas em cuidados hospitalares ou em cuidados intensivos e que não devem trazer problemas". No entanto, alerta a população para continuar a adotar os comportamentos que foram ensinados durante a pandemia.

A Organização Mundial da Saúde classificou a nova variante da covid-19 como "de interesse", devido ao rápido contágio. Em comunicado, a OMS alerta que a variante JN.1 do vírus Sars-Cov-2, que poderá aumentar o peso das infeções respiratórias em vários países do hemisfério norte, numa altura em que se aproxima a chegada do inverno. 

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados