"A NATO, em 75 anos de existência, está no seu momento mais crítico"

17 jun, 23:23

Sónia Sénica analisa as recentes declarações do secretário-geral da NATO a propósito da necessidade de reforço de armas nucleares em prontidão na Aliança Atlântica como forma de dissuadir a Rússia.

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados