A história delicada das meias amarelas e outras confidências de DJ Magazino em entrevista a Cristina Ferreira

9 dez 2021, 19:10

Quando foi ao programa de Cristina Ferreira, DJ Magazino andava à procura de meias amarelas. “Amarelo é uma cor de vida”, contou à apresentadora. As meias amarelas foram a primeira peça de cor que começou a vestir depois de ter perdido a mãe num acidente de automóvel, há 11 anos.

Dois meses depois desta conversa, Luís Costa acabaria por falecer, vítima de leucemia, doença que combatia há dois anos. Mas naquele 15 de outubro, o DJ confessou estar feliz, concentrado a viver o presente. “O prognóstico é muito negro”, admitia. “Eu, quando olho para o futuro, sinto medo.”

Na noite anterior, Luís Costa tinha celebrado o lançamento do seu livro "Ao Vivo", uma biografia sobre a sua vida de DJ e também sobre a doença. Depois da festa, que entrou pela madrugada adentro, acordou cedo para mais uma sessão de tratamentos no IPO e do hospital seguiu directamente para os estúdios da TVI.

“O corpo está cada vez pior, mas a cabeça cada vez melhor”, dizia. “De cada vez que acordo, acordo mais feliz porque passei a viver muito intensamente o presente.”

Música

Mais Música

Patrocinados