Mulher detida depois de esfaquear homem mortalmente no Montijo

Agência Lusa , AM
1 jan, 10:58
Emergência

Uma mulher que tentava evitar as agressões ficou ferida

Um homem morreu no domingo à noite, no Montijo, distrito de Setúbal, depois de ter sido esfaqueado no pescoço, tendo sido detida uma mulher suspeita da agressão, revelaram fontes da PSP e dos bombeiros.

A fonte da Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) indicou à agência Lusa que a vítima mortal, de entre 30 e 35 anos, apresentava ferimentos de arma branca na zona do pescoço.

Já a suspeita da agressão tem 36 anos e foi detida pela PSP, adiantou a mesma fonte.

Segundo a fonte da Direção Nacional da PSP, uma outra mulher, de 45 anos, sofreu ferimentos na perna esquerda quando tentava evitar as agressões.

Contactada pela Lusa, uma fonte dos Bombeiros do Montijo precisou que o alerta foi dado às 22:50 de domingo.

De acordo com esta fonte, as três pessoas envolvidas na desavença partilhavam uma habitação situada na Rua Soeiro Pereira Gomes, no Montijo, e, à chegada dos meios de socorro, encontravam-se todas na entrada do respetivo prédio.

O homem, já cadáver, apresentava ferimentos na zona do pescoço alegadamente provocados por arma branca, referiu a fonte dos bombeiros.

A fonte assinalou que as duas mulheres sofreram ferimentos ligeiros e foram transportadas para as urgências do hospital do Barreiro.

O socorro mobilizou os Bombeiros do Montijo e do Barreiro, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e a PSP, num total de 11 operacionais, apoiados por quatro veículos, incluindo uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER).

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Lidas

Patrocinados