Gonçalo Santos: «Sabíamos os espaços a atacar para ferir o Vitória»

Bruno José Ferreira , Estádio D. Afonso Henriques
24 fev, 23:11
V. Guimarães-Casa Pia, Liga (LUSA)

V. Guimarães-Casa Pia, 0-2 (reportagem)

Declarações de Gonçalo Santos, treinador do Casa Pia, na sala de imprensa do Estádio D. Afonso Henriques, após o triunfo (0-2) sobre o Vitória de Guimarães:

«Trabalhámos muito durante a semana, sabíamos que o Vitória é uma boa equipa que ia estar sempre forte, com bolas diretas para o Jota, muita procura da profundidade, e sabíamos que tínhamos de ter coragem para contra-atacar. Sabíamos os espaços que teríamos de atacar para ferir o Vitória, que teve muita bola, mas consentida em espaços sem perigo. Com tranquilidade sabíamos que com bola íamos criar perigo, fizemos dois golos na primeira parte e se estivéssemos melhores na definição até podíamos ter feito mais. O Vitória teve muita bola, mas as ocasiões são sempre nossas. Na segunda parte o Vitória mudou o sistema, para uma linha de quatro com mais gente entre linhas, nesta fase estes pontos valem o dobro, os jogadores animam-se, juntaram-se e souberam segurar o resultado até final».

[Nova vida do Casa Pia] «Estou cá desde o primeiro dia, estive nas fases boas e menos boas. Estas duas vitórias são inteiramente dos jogadores, não do Gonçalo Santos, são de toda a estrutura que trabalha diariamente. Dão uma motivação enorme e uma confiança ainda maior para conseguir mais vitórias para o Casa Pia».

[Treinadores anteriores jogaram com dois sistemas diferentes] «A equipa está bem identificada com os dois sistemas, é uma mais-valia. Neste momento, felizmente, resultou o 3x4x3, mais para a frente vamos ver. Os jogadores têm de estar preparados para qualquer sistema».

Mais Lidas

Patrocinados