Processo EDP regressa às mãos do juiz Carlos Alexandre

21 jan, 20:23
Juiz Carlos Alexandre

O caso voltou a estar nas mãos do juiz que aplicou uma caução recorde a Manuel Pinho

O Processo EDP regressou à tutela de Carlos Alexandre após um sorteio eletrónico realizado no Tribunal Central de Instrução Criminal durante a tarde desta sexta-feira.  A notícia foi avançada pelo ECO e confirmada pela CNN Portugal. 

O caso voltou a estar nas mãos de Carlos Alexandre que já tinha estado à frente do processo e que aplicou a pena de prisão domiciliária e uma caução de seis milhões de euros a Manuel Pinho - a maior da história da justiça portuguesa.

Antes de voltar a Carlos Alexandre, o processo foi entregue a Jorge Melo, substituto legal, mas este juiz não se voluntariou para a acumulação de processos e o Conselho Superior de Magistratura terá agora de resolver o problema.

No entanto, durante esta passagem, aconteceu um problema: Jorge Melo era um dos juízes que não se tinha voluntariado para acumular processos.

 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados