PJ apanha grupo por morte a tiro em "guerra" de gangues juvenis

8 jun, 13:00
Polícia Judiciária

Manilson caminhava pela rua quando surgiu uma viatura “com pelo menos quatro ocupantes”, segundo testemunhos, e um deles disparou

Um grupo de jovens foi detido pela Polícia Judiciária, na manhã desta quarta-feira, pelo homicídio a tiro de um outro jovem, de 16 anos, em plena rua, em Fetais, Camarate, Loures, na noite de 19 de fevereiro, apurou a TVI/CNN Portugal.

O crime foi cometido em mais um contexto de "guerra" entre gangues juvenis, numa escalada de violência que começou nas redes sociais.
 
Os detidos, de um bairro da Alta da Lisboa onde a secção de homicídios da PJ agora avançou para buscas e detenções, terão emboscado a vítima na rua, numa noite de sábado, pelas 22h50, e dispararam uma arma de fogo a partir de um carro em andamento, no qual fugiram de imediato,

Manilson caminhava pela rua quando surgiu uma viatura “com pelo menos quatro ocupantes”, segundo testemunhos, e um deles disparou.
 
Foram identificados e agora detidos. Serão presentes amanhã ao tribunal de Loures.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados