Covid-19: Portugal regista 63.833 novos casos e 44 mortes nas últimas 24 horas

28 jan, 15:05
Covid-19 em Portugal

O número de internamentos subiu pela primeira vez em quatro dias. No último dia, foram internadas 71 pessoas em enfermaria e mais cinco em cuidados intensivos

Portugal registou, esta sexta-feira, mais 44 mortos e 63.833 novos casos de covid-19, de acordo com a mais recente atualização do boletim epidemiológico da Direção-Geral de Saúde (DGS).

O número de internamentos subiu pela primeira vez em quatro dias. Há agora mais 71 pessoas internadas em enfermaria, elevando o número total para 2.320. Também o número de internados em Unidades de Cuidados Intensivos voltou a subir: há agora 152 pessoas internadas, mais cinco que no dia anterior.

A região Norte continua a ser a mais afetada, com 27.442 novos casos nas últimas 24 horas. Segue-se a região de Lisboa e Vale do Tejo, com 18.657 casos e a região Centro, com 10.608 casos. A região do Algarve detetou 2.514 infeções e o Alentejo verificou um aumento de 2.115 em relação ao registo de quinta-feira.

O maior número de óbitos deu-se na região de Lisboa e Vale do Tejo, onde 17 pessoas perderam a vida. As restantes mortes ocorreram na região Norte (+16), na região Centro (+5), no Aletenjo (+3), no Algarve (+2) e na região dos Açores (+1).

Há agora 579.370 casos ativos de covid-19 em Portugal, o que representa um aumento de 21.241 casos em relação ao relatório de quinta-feira. Cerca de 1.907.199 pessoas já recuperaram da doença em Portugal.

Casos ativos e contactos em vigilância continuam a ser mais de um milhão de pessoas (1.173.752), o equivalente a cerca de 11% da população portuguesa.

Incidência atinge novo máximo e Rt desce ligeiramente

A incidência nacional de infeções com o coronavírus SARS-CoV-2 voltou a aumentar e atingiu um novo máximo. Portugal tem agora 6130,9 casos por 100 mil habitantes. Em sentido inverso está o índice de transmissibilidade (Rt) que desce para em 1,16, anunciou a DGS, quando anteriormente era 1,17.

Dois de 308 concelhos estão abaixo do nível máximo de incidência

O número de concelhos abaixo do nível máximo de incidência de infeções pelo coronavírus SARS-CoV-2 baixou esta semana de cinco para dois, ambos na região Autónoma dos Açores.

Corvo, com uma incidência cumulativa a 14 dias de 426 casos por 100 mil habitantes e Calheta, com uma incidência de 855, são as únicas autarquias abaixo de 960 casos ou mais que se aplica atualmente a 306 dos 308 concelhos de Portugal.

É esse o patamar mais alto dos sete definidos pelo Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças para este indicador.

Os concelhos com incidência mais alta são Cabeceira de Basto (11.213), Câmara de Lobos (10.960), São João da Madeira (10.222) e Vizela (10.030).

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados