CAN 2021: Toni Conceição derrotado, Cabo Verde alcança primeira vitória

26 mar 2021, 19:09
Guiné-Bissau-Gana (Reuters)

Pelé (Rio Ave) e Alfa Semedo, cedido pelo Benfica ao Reading, estiveram dem destaque ao marcarem pela equipa cabo-verdiana

Os Camarões, organizadores da próxima CAN e orientados por Toni Conceição perderam, esta sexta-feira por 3-1 contra Cabo Verde, numa partida da quinta jornada do grupo F de qualificação para a CAN.

A seleção do treinador português marcou primeiro por Kunde Malong aos 14 minutos, mas sofreu o empate volvidos dez minutos. Kuca, jogador do União de Leiria, foi o autor do golo cabo-verdiano.

Na segunda parte Cabo Verde conseguiu a reviravolta e consequentemente a vitória graças a um autogolo de Bagnack e a um golo de Ryan Mendes. Este foi, aliás, o primeiro triunfo de Cabo Verde nesta fase de apuramento que assim subiu ao segundo lugar precisamente atrás dos «Leões Indomáveis». 

Por sua vez, a Guiné-Bissau bateu fora de portas eSwatini, antiga Suazilândia, por 3-1 com golos de Djaló, Pelé (Rio Ave) e de Alfa Semedo, médio que pertence aos quadros do Benfica. Nanu foi titular e jogou os 90 minutos.

Badenhorst marcou o golo de honra da formação visitada na partida referente ao grupo I da fase de apuramento. 

Já a Costa do Marfim bateu Níger por 3-0 com golos de Aurier, Gradel e Kanon e garantiram a qualificação para a CAN. 

Por último, o portista Loum não jogou no empate do Senegal em casa do Congo. Os senegaleses lideram o grupo com 13 pontos, mais cinco que o rival desta tarde. Guiné-Bissau é terceira com 6 enquanto eSwatini é último com apenas um ponto. 

A 33.ª edição da Taça de África das Nações realiza-se entre janeiro e fevereiro de 2022 nos Camarões.

O resumo do jogo de Cabo Verde contra os Camarões:

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados