Piqué: «Prefiro morrer a assinar pelo Real Madrid»

1 dez 2021, 11:07
Barcelona-Dínamo Kiev
Barcelona-Dínamo Kiev

Defesa do Barcelona jura amor eterno ao clube que admite vir a liderar um dia

PUB

Gerard Piqué é um homem de convicções. Em 2017 juntou-se à luta pela independência da Catalunha e agora, como em tantas outras alturas, jura amor eterno ao Barcelona, ao ponto de não se imaginar no maior rival dos blaugrana.

«Prefiro morrer a assinar pelo Real Madrid», disparou o defesa central, aparentemente em tom de brincadeira, no programa 'El Hormiguero', do canal espanhol Antena 3. Piqué, que foi formado no Barcelona e regressou a «casa» em 2008 após jogar alguns anos no Manchester United, garantiu que nada o faria vestir a camisola blanca. «Nada, é impossível!»

PUB

O jogador de 34 anos abordou ainda uma possível candidatura à presidência do Barcelona após terminar a carreira. «Há dias em que digo que sim e dias em que digo que não. É preciso estar muito comprometido e ter um amor muito grande ao clube e garanto que terei isso tudo se um dia tomar essa decisão. Mas é preciso um sacrifício e esforço brutais.»

Na mesma conversa, Piqué falou sobre a Bola de Ouro conquistada por Messi e a falta que o argentino faz ao Barça e a ele. «Partilhei o balneário com ele desde os 13 anos e é quase um irmão para mim. Foi muito duro a nível desportivo e pessoal. Este ano as coisas não conheçaram bem, em parte porque foi embora o melhor da história.» E acrescentou que a sétima Bola de Ouro de Messi torna ainda mais evidente para todos uma certeza que já tem: a de que o argentino é o melhor da história. «Os nosso caminhos separaram-se, mas voltaram a encontrar-se um dia», acrescentou, garantindo que isso não vai acontecer na capital francesa.

PUB
PUB
PUB

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Patrocinados