Márcio Márcio Dasilva, Márcio Márcio, Alexandre Pédro e Rémi Soregui: Banco de Portugal emite alerta sobre estes quatro perfis do Facebook

Agência Lusa , AM
4 mar, 13:41
Facebook. Créditos: Adobe Stock

Em causa estão alegados serviços de crédito

O Banco de Portugal (BdP) advertiu esta segunda-feira que os perfis/páginas da rede social Facebook Márcio Márcio Dasilva, Márcio Márcio, Alexandre Pédro e Rémi Soregui não estão habilitadas a conceder, intermediar e efetuar consultoria de crédito em Portugal.

Num comunicado divulgado no site, o BdP adverte que "os serviços de crédito publicitados nos perfis/páginas da rede social Facebook" referentes a “Márcio Márcio Dasilva”, “Márcio Márcio”, “Alexandre Pédro” e ”Rémi Soregui" não pertencem a qualquer entidade que se encontre habilitada a exercer, em Portugal, a atividade de concessão de crédito ou qualquer outra atividade financeira reservada às instituições sujeitas à supervisão do Banco de Portugal.

O BdP sublinha que a atividade de concessão de crédito e as atividades de intermediação de crédito e de prestação de serviços de consultoria relativamente a contratos de crédito estão reservadas às entidades habilitadas a exercê-las, conforme dois decretos-leis.

O BdP indica ainda que "as listas das entidades autorizadas a conceder crédito, a atuar como intermediários de crédito e a prestar serviços de consultoria relativamente a contratos de crédito podem ser consultadas no site do Banco de Portugal".

Empresas

Mais Empresas

Mais Lidas

Patrocinados