PJ detém homem suspeito de abusar da filha durante seis anos

Agência Lusa , MM
17 nov, 15:25
Criança (arquivo)

Abusos sexuais ocorriam durante as visitas da menor ao pai, que estava separado da mãe

Um homem de 40 anos foi detido na zona de Pombal pela eventual prática de crimes de abuso sexual de que foi vítima a filha, anunciou esta sexta-feira a Polícia Judiciária (PJ), explicando que o suspeito está detido preventivamente.

Em comunicado, a PJ esclareceu que, através da sua Diretoria do Centro, sediada em Coimbra, deteve um homem “pela presumível prática, reiterada, de crimes de abuso sexual de crianças”, sendo que a vítima tem atualmente 12 anos.

Segundo a PJ, os factos ocorreram em “contexto de proximidade familiar”.

Fonte da PJ disse à agência Lusa que o homem, sem antecedentes criminais, foi detido na terça-feira e presente a primeiro interrogatório no dia seguinte, tendo-lhe sido aplicada, pelo juiz de instrução criminal da Comarca de Leiria, a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva.

A mesma fonte afirmou que os abusos começaram “numa fase muito precoce da vítima”, com cinco ou seis anos, e mantiveram-se até agora.

“Os pais da vítima são divorciados e os abusos ocorriam em casa do detido quando a vítima visitava o pai”, referiu.

Ainda de acordo com este responsável da PJ, a menor contou a situação a uma colega que a incentivou a falar com a professora, tendo esta comunicado às autoridades.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Lidas

Patrocinados