"Superfície frontal fria com chuva forte": meteorologista faz previsões da depressão Barra

6 dez 2021, 13:48

Portugal continental vai ser afetado a partir de terça-feira por chuva por vezes persistente, agitação marítima forte e vento, efeitos colaterais da passagem da depressão Barra, disse à Lusa a meteorologista Maria João Frada.

Embora a depressão não tenha impactos diretos sobre o continente, a superfície frontal fria que a ela está associada irá aproximar-se a partir de terça-feira e atravessar todo o território até ao fim da manhã de quarta-feira, explica a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Meteorologia

Mais Meteorologia

Patrocinados