«Sporting é um clube democrático e não uma Coreia do Norte e outros primos»

6 mar, 00:16

Frederico Varandas só se tornou consensual após a chegada de Ruben Amorim, tendo assistido a várias manifestações contra ele durante a primeira metade do mandato. Diz que respeita os opositores, mas garante que nunca se preocupou muito com o «ruído exterior»

Sporting

Mais Sporting

Patrocinados