Eleições Legislativas. Rui Tavares quer um acordo de esquerda, Costa só quer "estabilidade". O essencial do debate em três minutos

Licenciada em Ciências da Comunicação pela Universidade Fernando Pessoa, no Porto. Depois de três anos como repórter multimédia no Jornal de Notícias deixou a cidade onde nasceu para trás, iniciando uma desafiante viagem até ao centro-sul do país, onde pretende dar continuidade ao seu trabalho. Aos 26 anos procura inserir a sua marca no universo digital da CNN portuguesa. Mulher de causas, usa a voz para combater a desinformação e o inconformismo, e conta com a ajuda de dois braços direitos: a caneta e a câmara de filmar.
3 jan, 01:15

O líder do partido Livre acenou a António Costa com um acordo escrito, mas o Primeiro-ministro manteve-se irredutível: apenas a maioria do Partido Socialista poderá salvar o país da instabilidade. Rui Tavares insistiu, afirmando que a melhor alternativa para o país passa pela união da esquerda, mas António Costa não se comprometeu. Para dia 30 de janeiro há apenas uma certeza. António Costa dirá adeus caso não saia vitorioso.

VEJA MAIS:

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados