"Reservarei para o Parlamento". Ministra do Trabalho recusa comentar 'contra-ataque' de Ana Jorge

8 mai, 12:58

A ministra do Trabalho, Rosário Palma Ramalho, não quis comentar as declarações de Edmundo Martinho e de Ana Jorge, que negou, esta quarta-feira, as acusações da própria ministra sobre "inação" e "benefício próprio" na Santa Casa, remetendo mais esclarecimentos para o Parlamento.

País

Mais País

Mais Vistos

Patrocinados