PSD considera "uma gargalhada" notícia sobre "essa senhora" acusada de fraude que ia para o Ministério das Finanças (mas já não vai)

17 abr, 12:40

Após a conferência de líderes, Hugo Soares, líder parlamentar do PSD, reagiu ao caso de Patrícia Dantas, que ia ser adjunta de Miranda Sarmento e acabou por não assumir funções depois da divulgação de notícias de que está acusada de fraude. Hugo Soares afirmou ainda que "está com muita vontade" de discutir o IRS, depois de o Governo não ter deixado claro no Parlamento que vai baixar em 200 milhões o IRS - falou em 1.500 milhões de euros, sem clarificar que 1.300 milhões foram decididos pelo Governo PS. Sobre a ausência do ministro das Finanças deste debate, marcado para a tarde desta quarta-feira, garante que Miranda Sarmento não fugiu  - "está em Washington"

Governo

Mais Governo

Patrocinados