Pressão hospitalar aumentou 36% desde dezembro, mas situação é "estável" nos cuidados intensivos

4 jan, 09:37

O Hospital de São João enfrenta atualmente uma "pressão significativa nas urgências". Quem o confirma é o diretor do serviço de medicina intensiva, José Artur Paiva, que deu conta de um aumento dos doentes internados em 36% desde dezembro.

Relativamente às unidades de cuidados intensivos, o especialista fala numa "situação estável" à escala nacional.

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados