Ponta do Sol, a "vila dos nómadas digitais" que está a conquistar jovens de todo o mundo

30 out, 13:51

A partir deste domingo, Portugal passa a emitir vistos de estadia temporária para trabalhadores remotos - os chamados nómadas digitais - que passam a ter autorização de residência desde que ganhem mais de 2.800 euros brutos por mês.

Estes nómadas são quase sempre jovens, trabalham em qualquer parte do mundo e, para muitos, o sítio ideal é uma vila na Região Autónoma da Madeira, onde, dizem, a internet é boa, as infraestruturas também e acima de tudo os preços são acessíveis.

País

Mais País

Patrocinados