Padre suspeito de violar mulher durante sessão de exorcismo diz ser impotente

28 abr, 17:59

O ex-padre Humberto Gama foi libertado pelo tribunal quatro meses depois de ter sido detido por suspeitas de abusos sexuais em Murça.

A vítima será uma mulher que recorreu ao ex-padre para um exorcismo. O homem, de 82 anos, pediu um exame para provar inocência alegando impotência.

País

Mais País

Patrocinados