"Os tempos são muito pesados, infelizmente o orçamento é muito leve", diz Diogo Feio

14 abr, 00:34

Diogo Feio lembra o momento em que António Costa terminou um debate da campanha eleitoral mostrando o orçamento que tinha sido apresentado em outubro. "De outubro até agora tivemos mudanças que não permitiam que o orçamento fosse igual", diz. "Os tempos são muito pesados, infelizmente o orçamento é muito leve". 

O comentador da CNN Portugal considera que há um conjunto de temas que não podiam ser ignorados. Servem de exemplo "a política energética, os modelos de crescimento da economia, os apoios sociais e as reformas estruturais". 

Economia

Mais Economia

Patrocinados