Ministro da Saúde rejeita "caos" nas urgências dos hospitais e garante: "Todos os doentes foram tratados e encaminhados"

9 nov, 21:32

O ministro da Saúde, questionado sobre a afluência nas urgências, diz que prefere não falar em caos e refere que todos os casos têm sido tratados e encaminhados.

Manuel Pizarro justifica a forte pressão nas urgências com uma antecipação das infeções respiratórias habituais no inverno.

Saúde

Mais Saúde

Mais Vistos

Patrocinados