"Milhões destinados a armas e depois não há possibilidade de aumentar salários". Manifestação contra a guerra em Lisboa

Jornalista de política.

Licenciada e Comunicação Social pelo ISCSP - Instituto de Ciências Sociais e Políticas com Pós- graduação em Relações Internacionais.

Estagiou e trabalhou na RTP, integra a equipa da TVI desde o arranque tendo feito parte das editorias de Internacional, Sociedade e como editora, do Diário da Manhã.
25 jun, 20:31

Cerca de mil pessoas desceuram a Avenida da Liberdade, em Lisboa, para condenar a guerra e apelar à paz no mundo, nomeadamente na Ucrânia, uma ação que contou com o secretário-geral do PCP, Jerónimo de Sousa.

País

Mais País

Patrocinados