Medina sobre taxar os lucros extraordinários: "A questão dos preços de energia não é resolvida com as taxas”

Correspondente em Bruxelas
10 set, 15:49

A maior agência mundial de notação financeira, Standard and Poor's voltou a subir a classificação da dívida portuguesa. Em Praga, Fernando Medina congratulou-se com a subida do rating do país.

O ministro das Finanças continua, ainda assim, a rejeitar uma taxa sobre os lucros extraordinários das empresas de energia, apesar da Europa ter decidido avançar com propostas nesse sentido.   

Economia

Mais Economia

Patrocinados