FMI agrava as previsões para a taxa de inflação em Portugal (mas "há razões para sermos otimistas")

12 abr, 00:18

O economista Pedro Brinca analisa as previsões do FMI para Portugal, "mais gravosas" do que as do Governo e que sugerem que a inflação (e os preços) devem continuar a aumentar - e lembra "os dois efeitos que dão algum otimismo" a esta notícia. 

Dinheiro

Mais Dinheiro

Patrocinados