Falta de medicamentos: doentes crónicos sem tratamento no Hospital de Santa Maria

Jornalista TVI e TVI24
10 jan, 12:37

Maria Ferreira ficou a saber de véspera que o filho não ia receber o tratamento no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde é seguido há mais de cinco anos e onde, todos os meses, recebe o tratamento. O menor tem uma doença real grave e crónica. "Adiar o medicamento sem data à vista significa que não sabemos o que pode acontecer do ponto de vista da reversão da doença", afirma a mãe. O tratamento custa mais de 100 mil euros. Maria precisa de respostas. Além deste medicamento, há outros mais baratos mas também estão em falta no serviço de nefrologia.

Saúde

Mais Saúde

Mais Vistos

Patrocinados