Escolas vão ter responsável para jovens manifestarem identidade de género. Pais querem ser envolvidos no processo

Jornalista TVI e TVI24
19 abr 2023, 14:17

As escolas podem vir a ter um responsável a quem os alunos podem recorrer para manifestar que têm uma identidade de género que não corresponde ao sexo com que nasceram.

O assunto vai esta quarta-feira à Assembleia da República. Caso a proposta seja aprovada, as escolas vão ter de respeitar o nome adotado pela criança, a forma como se quer vestir e que aceda à casa de banho ou balneário correspondente à sua identidade.

Educação

Mais Educação

Mais Vistos

Patrocinados