Dos cartões de sócio ‘oferecidos’ antes da assembleia geral a 12 detenções: o que levou à Operação Pretoriano

Jornalista da editoria de Sociedade. Acompanha as áreas de Justiça e Administração Interna.
31 jan, 19:48

A assembleia geral extraordinária do FC Porto de 13 de novembro, interrompida após episódios de violência e ameaças, está na origem da Operação Pretoriano, que levou à detenção de 12 pessoas, incluindo Fernando Madureira. O líder da claque foi mesmo filmado a dar cartões de sócios a pessoas que não são sócias do FC Porto, de modo a garantir que a assembleia estaria completa, um plano que terá sido engendrado com Adelino Caldeira, embora este já o tenha vindo desmentir.

 

País

Mais País

Patrocinados