Crise nas urgências: "Já não é uma questão de exceção, é uma questão de regra"

12 jun, 22:57

Falta de médicos provoca fortes constrangimentos nas urgências dos Hospitais. O problema maior tem sido nas maternidades. A situação é crítica e prevê-se que agrave nos próximos meses.  

No hospital Beatriz Ângelo, em Loures, as urgências de obstetrícia estão encerradas até domingo.   

Já noutros hospitais da região a situação é apenas de contingência, o que significa que funcionam com um número de médicos abaixo do que é necessário para assegurar os serviços.   

Saúde

Mais Saúde

Patrocinados