Condenado homem que se fez passar por familiar de António Costa

9 jun, 14:15

Um homem que se fez passar por familiar de António Costa e pelo ministro da Economia foi condenado a uma pena suspensa de três anos.

Este arguido tentava influenciar gestores para conseguir contratos de trabalho. Falsificava currículos e e-mails e confessou tudo no Tribunal de Matosinhos.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados