"Componente fiscal, benefícios, apoios dos estados e previsibilidade regulatória". Como a CEO da Altice vê outros países a ganhar a Portugal

20 jun, 11:51

A CEO da Altice Portugal explica que os países em que a empresa se encontra ganham a Portugal em vários níveis, entre eles "na componente fiscal, na componente de benefícios e de apoios que os próprios estados dão, mas sobretudo também na agilidade de fazer negócio" - a "previsibilidade regulatória" - que permita construir modelos económicos e modelos de investimento. 

Economia

Mais Economia

Patrocinados