Caso Madeira: diretor da PJ admite preocupação mas mantém confiança na investigação depois de o juiz dizer que "não há indícios de qualquer crime"

15 fev, 16:32

Um dia depois da decisão do juiz de instrução de libertar os três arguidos detidos no seguimento de uma operação na Madeira, Luís Neves, diretor da Polícia Judiciária, reagiu, garantindo que mantém toda a confiança na equipa que está a investigar o caso.

 

País

Mais País

Patrocinados