Casas, carros e tudo à volta. Os últimos (e intensos) ataques a Kharkiv

22 abr, 20:10

A cidade de Kharkiv não tem sido poupada nesta fase do conflito, apesar de já estar severamente destruída.

É difícil estimar quantas pessoas permanecem na cidade, que tinha mais de um milhão de habitantes antes da guerra. Os bombardeamentos fazem novas vítimas todos os dias.

Enquanto isso, no Donbass, há uma unidade do batalhão Azov que diz estar a impedir que o exército do Kremlin ganhe terreno.

Europa

Mais Europa

Patrocinados