“As exigências do Hamas são delirantes”. Netanyahu continua a resistir às pressões internacionais

Jornalista da Editoria de Internacional
18 fev, 13:30

Israel recusa qualquer tentativa internacional de imposição de um cessar-fogo e o reconhecimento de um estado palestiniano, tendo o executivo israelita aprovado este domingo uma declaração nesse sentido.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu diz que as exigências do Hamas para um cessar-fogo são irrealistas e classifica-as mesmo como “delirantes”, vincando que só aceita negociações diretas e sem pré-condições para pôr fim ao conflito.

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Patrocinados