"A Ucrânia vai correr vários riscos nas próximas semanas. O Ocidente vai ter de resolver, se não teremos um problema sério na capacidade de defesa"

Com carreira militar iniciada em 1983 na Escola Prática de Cavalaria, o tenente-general Marco Serronha é vice-presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, tendo especialização militar no continente africano.
20 fev, 09:00

Volodymyr Zelensky admitiu que a situação está extremamente difícil em vários pontos da linha da frente dos combates com a Rússia. Nesta fase do conflito, o tenente-general Marco Serronha, especialista militar, admite que "o apoio que está a ser dado por alguns países da União Europeia não é suficiente" para resolver os problemas de defesa que a Ucrânia enfrenta. 
 

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados