"A Ucrânia tem tido algum sucesso a intercetar os drones, a grande dificuldade prende-se com os mísseis balísticos e de cruzeiros russos"

Com carreira militar iniciada em 1983 na Escola Prática de Cavalaria, o tenente-general Marco Serronha é vice-presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, tendo especialização militar no continente africano.
5 mar, 10:58

O especialista militar da CNN Portugal Marco Serronha afirma que a Ucrânia "está a melhorar na sua capacidade de produção industrial autónoma", numa altura em que a falta de armas e munições ocidentais leva o país a ser cada vez mais autossuficiente na produção

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados