"A Ucrânia está com um problema de mobilização de novas pessoas na linha da frente, há militares que estão nesta posição há 2 anos"

Com carreira militar iniciada em 1983 na Escola Prática de Cavalaria, o tenente-general Marco Serronha é vice-presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, tendo especialização militar no continente africano.
15 fev, 12:05

Tenente-general Marco Serronha explica que "o fim dos estoques aproxima-se a passos largos na Ucrânia", numa altura em que Kiev reconhece que na linha da frente a situação está "extremamente complexa"

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados