"A PIDE entrava em casa sempre por volta das 07:00. Tinham um ar inconfundível, um cheiro inconfundível": com Sousa Tavares na prisão onde o Estado Novo prendeu o pai

Pivô do Jornal das 8 da TVI
22 abr, 22:23

A libertação dos presos políticos do Forte de Caxias só aconteceu ao final do dia 26 de abril de 1974, e foi preciso desfazer as dúvidas sobre se a libertação seria para todos ou apenas para alguns. Nesse processo foi fundamental a intervenção de Francisco Sousa Tavares, advogado, crítico do regime e que chegou a estar ele próprio detido várias vezes em Caxias. O momento é recordado pelo filho, Miguel Sousa Tavares, numa conversa com a jornalista Sara Pinto, onde o comentador da TVI relata o que viveu nesses dias, tão perto da revolução.

Política

Mais Política

Patrocinados