"A lentidão para a dissolução tem que ver com a rapidez na nova nomeação"

20 mar, 22:39

“O Presidente da República gosta de nos surpreender, gosta destas encenações, gosta destes momentos”, diz Miguel Relvas ironicamente, a propósito da comunicação de Marcelo Rebelo de Sousa ao país, que parece tardar. “Eu penso que a democracia portuguesa ganha pouco com isso”.

O comentador da CNN Portugal afirma que há uma coligação que ganhou as eleições e que Portugal sabe quem será o novo primeiro-ministro. “Acho que todo este clima, todo este suspense, vai contribuir muito para uma sensação que eu tenho, da forma como o Presidente da República vai terminar este mandato”, critica.

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados