15 dias com Zelensky. "Sinto que alguma coisa está errada. É a minha consciência que me perturba"

29 abr, 21:52

A publicação recolheu testemunhos do presidente e do gabinete, durante os 15 dias em que acompanhou o dia a dia do homem que lidera um país em guerra. Foi logo na primeira noite da guerra, que forças aerotransportadas russas entraram em Kiev e tentaram capturar o presidente ucraniano. A revelação é feita pelo próprio à revista Time.

Europa

Mais Europa

Patrocinados