O que anda a matar ovelhas nesta freguesia de Viana do Castelo?

Agência Lusa , PP
22 out, 19:37
Animais

Em dois dias foram atacados 15 animais. A população está assustada

Quinze ovelhas foram atacadas e mortas, presumivelmente por dois cães, na sexta-feira e hoje, durante a manhã, em duas quintas da freguesia de Outeiro, no concelho de Viana do Castelo, disse hoje o presidente da Junta.

Em declarações à agência Lusa, José Manuel Morais adiantou que os ataques, já comunicados à GNR e à Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) ocorreram nos terrenos de “duas casas muito próximas, quase vizinhas, no centro da freguesia, sendo que numa das quintas foram mortas 12 ovelhas e na outra mais três”.

Contactada pela Lusa, fonte do Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo precisou que os primeiros 12 animais foram mortos na sexta-feira, e que hoje foram atacadas e mortas mais três ovelhas.

Em causa estão golpes no pescoço e na cabeça.

Segundo a fonte da GNR, “testemunhas ouvidas no local indicaram que as ovelhas foram mortas por dois cães de médio/grande porte, avistados naquela zona”.

No entanto, a fonte esclareceu que só a investigação em curso irá permitir determinar o tipo de animal que matou as ovelhas, não estando afastada a possibilidade de se tratar de um ataque de lobos.

O presidente da Junta de Outeiro disse não acreditar que as mortes tenham sido causadas por lobos, por “não descerem [do monte] para tão perto da população”.

“Só se tiverem com muita fome, mas não sei, não sei, não posso precisar”, afirmou o autarca.

José Manuel Morais referiu que o caso, o primeiro com gado de pequeno porte, o preocupa: “Podem atacar pessoas, crianças, idosos. Os casos passaram-se no centro da freguesia, mesmo no miolo da população, o que é uma coisa muito estranha.”

Segundo o autarca, “às ovelhas são utilizadas, sobretudo, para manter os pastos limpos”.

“São casas com terrenos muito grandes, são praticamente quintas, e as pessoas estão desesperadas. Uma das famílias tem mais três ovelhas e não sabe o que fazer com elas, porque a qualquer momento podem ser atacadas. Na outra casa, a senhora tem os animais soltos. A quinta é bastante grande e toda fechada e não sabe como vai proteger os animais”, explicou.

José Manuel Morais acrescentou que a notícia dos ataques ainda é pouco conhecida, mas teme que o receio da população aumente quando tomarem conhecimento do ocorrido, no domingo.

“Na hora da missa, é normal que as pessoas comecem a comentar”, referiu.

A freguesia de Outeiro tem 16,21 quilómetros quadrados de área e 1.060 habitantes, de acordo com os resultados provisórios do Censos 2021.

Outeiro é a segunda freguesia do concelho de Viana do Castelo com maior área.

País

Mais País

Patrocinados