EUA: incêndio no Colorado destrói centenas de edifícios

CNN Portugal , MJC
31 dez 2021, 00:56

Cerca de 30 mil pessoas de duas localidades no condado de Boulder foram aconselhadas a sair da região

PUB

Centenas de prédios já foram destruídos pelas chamas e milhares de pessoas estão a ser deslocadas devidos aos incêndios florestais que se espalham rapidamente no Condado de Boulder, Colorado, nos Estados Unidos. Até agora há registo de seis pessoas que estão a rebeber cuidados médicos devido a queimaduras e inalação de fumo.

De acordo com o xerife do condado, Joe Pelle, vários pequenos incêndios de mato que começaram a arder esta quinta-feira de manhã ganharam força devido ao forte que se faz sentir na região e acabaram por transformar-se em violentos incêndios.

PUB

"Estamos muito preocupados com a velocidade do fogo", disse Pelle. "Está a consumir extensões de terreno do tamanho de campos de futebol em segundos."

Louisville, Colorado, com uma população de cerca de 20 mil habitantes, está a ser evacuada, assim como toda a cidade de Superior, Colorado, com uma população de cerca de 13 mil pessoas. 

O Serviço Meteorológico Nacional de Denver / Boulder descreveu a situação em Louisville como uma ameaça à vida em um alerta no Twitter na tarde de quinta-feira, enquanto exortava as pessoas a irem embora imediatamente.

PUB
PUB
PUB

O Serviço Meteorológico Nacional de Denver / Boulder descreveu a situação em Louisville como uma ameaça à vida num alerta no Twitter na tarde de quinta-feira, exortando as pessoas a irem embora imediatamente.

 

O Hospital Adventista Avista da Centura Health, em Louisville, começou a retirar seus pacientes para locais mais seguros, começando pelos mais críticos, disse um porta-voz da Centura Health ao ABC News.

Estima-se que centenas de estruturas, incluindo mais de 580 casas, tenham já sido perdidas até agora devido ao incêndio, disse Pelle.

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados