Em atualização

A GUERRA AO MINUTO Charles Michel convida Zelensky para “futura cimeira” em Bruxelas

Todas as informações mais recentes sobre o conflito na Ucrânia, que começou a 24 de fevereiro de 2022
2023-02-06

O que está a acontecer

  • Noruega planeia ajudar a Ucrânia com sete mil milhões de dólares nos próximos cinco anos

  • Receitas de petróleo e gás da Rússia caem em janeiro

  • Ofensiva russa intensifica-se em Bakhmut, cidade ucraniana pode cair em breve nas mãos de Moscovo

  • Finlândia volta a defender entrada conjunta com a Suécia na NATO, apesar das objeções turcas

  • Diretor-Geral da IAEA vai a Moscovo discutir criação de perímetro de segurança em torno da central de Zaporizhzhia

2022-11-16
10:46

Polónia vai comunicar à NATO que o míssil era ucraniano e não vai invocar o tratado

A agência EFE avança que a Polónia vai comunicar à NATO que o míssil era ucraniano e não vai invocar o tratado.

Segundo fonte diplomática europeia, que falou sob a condição de anonimato, citada pela agência, o governo polaco vai comunicar a informação aos membros da NATO esta quarta-feira. 

Assim, Varsóvia não invocará o artigo 4.º perante os membros da Aliança.

Siga ao minuto:

2023-02-06
20:41

Charles Michel convida oficialmente Zelensky para “futura cimeira” em Bruxelas

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, convidou formalmente, esta segunda-feira, Volodymyr Zelensky a participar numa “futura cimeira”.

O anúncio foi feito por Barned Leyts, porta-voz do CE, no Twitter, sem adiantar mais pormenores, como a data, por “questões de segurança”.

2023-02-06
20:17

Rússia bombardeia Dnipropetrovsk

A Rússia bombardeou a região de Dnipropetrovsk, danificando casas e infraestruturas civis.

Segundo o The Kyiv Independent, que cita Mykola Lukashuk, chefe do conselho regional, as tropas russas bombardearam dois distritos em Dnipropetrovsk com artilharia pesada.

2023-02-06
19:45

Igreja Greco-Católica Ucraniana muda celebração de Natal para 25 de dezembro

A Igreja Greco-Católica Ucraniana, principal igreja católica da Ucrânia, informou que irá mudar para um novo calendário e que o Natal será celebrado a 25 de dezembro, em vez de 7 de janeiro, como parte dos esforços de Kiev para romper os laços culturais com a Rússia.

Segundo o The Guardian, a medida foi bem recebida pelo ministro da Cultura ucraninano, Oleksandr Tkachenko. “Esta decisão é adequada às exigências do nosso tempo e da opinião pública”, disse.

2023-02-06
18:25

Receitas de petróleo e gás da Rússia caem em janeiro

As receitas de petróleo e gás da Rússia caíram 46% em janeiro, em comparação com o mesmo mês de 2022. Em causa, está o impacto do teto de preço nas exportações de petróleo imposto por aliados ocidentais em contestação à invasão russa na Ucrânia .

Segundo o The Guardian, o Ministério das Finanças russo disse que a receita orçamental em janeiro foi 35% menor quando comparada com a de janeiro do ano passado e que, no primeiro mês deste ano, o déficit orçamental foi de 1,77 trilhões de rublos – cerca de 60% do déficit para o mesmo mês do ano inteiro.

2023-02-06
18:13

Rússia e Irão concordam em construir fábrica de drones

Moscovo e Teerão terão concordado em construir uma fábrica na Rússia que poderá fabricar pelo menos seis mil drones projetados pelo Irão, de acordo com o Wall Street Journal

Segundo o jornal norte-americano, os dois países esperam que os novos drones sejam mais rápidos e apresentem novos desafios para as defesas aéreas da Ucrânia. 

2023-02-06
17:50

Guterres alerta para escalada da guerra. “As perspectivas de paz continuam a diminuir”

O secretário-geral da ONU, António Guterres, alertou que o mundo está a caminhar para uma “guerra mais ampla”. O alerta foi feito durante o discurso no qual apresentou as suas prioridades para 2023.

Dirigindo-se à assembleia geral da ONU, Guterres descreveu a guerra como uma situação que “inflige um sofrimento incalculável ao povo ucraniano, com profundas implicações globais”, cita o The Guardian.

“As perspectivas de paz continuam a diminuir. As probabilidades de uma escalada e de um derrame de sangue continuam a crescer. Temo que o mundo não esteja a caminhar como um sonâmbulo para uma guerra mais ampla. Temo que esteja a fazê-lo com os olhos bem abertos”.

2023-02-06
16:44

Um dos quatro tanques Leopard 2 do Canadá já chegaram à Polónia

Um dos quatro tanques Leopard 2 que o Canadá vai dar à Ucrânia já chegaram à Polónia.

O anúncio foi feito por Anita Anand, ministra da Defesa do Canadá, que diz que "em breve" o país estará a "treinar as Forças Armadas da Ucrânia" para o uso deste equipamento.

2023-02-06
16:22

Líder do grupo Wagner desafia Zelensky para duelo

Yevgeny Prigozhin, chefe do grupo de mercenários Wagner, desafiou o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, para um duelo por Bakhmut, diz o The Guardian.

Prigozhin, um aliado próximo de Vladimir Putin, publicou um vídeo de si mesmo na cabine de um avião militar, no qual desafia Zelensky.

“Amanhã, voarei num MiG-29. Se assim o desejar, vamo-nos encontrar nos céus. Se venceres, ficas com Artyomovsk [Bakhmut]. Se não, avançamos até [o rio] Dnipro”.

2023-02-06
15:24

Papa quer encontrar-se com Zelensky e Putin

O papa Francisco disse que está aberto à possibilidade de se encontrar com Vladimir Putin e com Volodymyr Zelensky.

"Estou aberto para conhecer os dois presidentes, o da Ucrânia e o da Rússia, estou aberto para o encontro", disse Francisco, citado pelo jornal italiano Corriere della Sera.

2023-02-06
14:43

Rússia estará a realizar inspeções e reparos nos seus abrigos antiaéreos

Centenas de milhões de rublos estarão a ser gastos na inspeção e no reparo de abrigos antiaéreos em toda a Rússia, de acordo com um relatório citado pela Sky News. 

Diz a publicação que o governo russo terá ordenado que os abrigos fossem adaptados para habitação depois de terem sido desativados durante décadas.

O jornal Moscow Times disse que conversou com quatro atuais e ex-funcionários russos que confirmaram que as melhorias em abrigos antiaéreos estavam a acontecer sob ordens do governo. 

2023-02-06
14:37

Zelensky agradece apoio da Noruega

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, recorreu ao Twitter para agradecer o apoio esta segunda-feira anunciado pela Noruega.

"É uma significativa contribuição para a nossa futura  vitória sobre o agressor e para uma recuperação pós guerra bem sucedida".

2023-02-06
14:00

Kiev. Mudanças na pasta da defesa não acontecem esta semana

Um alto funcionário ucraniano afirmou que não vão ser anunciadas quaisquer mudanças de pessoal no ministério da Defesa esta semana, perante relatos de que o ministro da Defesa do país, Oleksii Reznikov, poderá ser reordenado para outro cargo governamental.

David Arakhamia, chefe do bloco parlamentar de Volodymyr Zelenskiy, disse que não haveria uma remodelação imediata. "Não haverá mudanças de pessoal no setor da defesa esta semana", escreveu no Telegram.

No domingo, Arakhamia disse que o Ministério da Defesa seria chefiado por Kyrylo Budanov, chefe dos serviços secretos militares da Ucrânia. Reznikov, acrescentou, tornar-se-ia ministro das indústrias estratégicas, encarregado de reforçar a cooperação militar-industrial.

2023-02-06
13:28

Drone explodiu na região de Kaluga, na Rússia

Um drone explodiu na manhã de segunda-feira na cidade russa de Kaluga, disse Vladislav Shapsha, governador da região, no seu canal oficial do Telegram.

"Hoje à noite, os residentes nos arredores de Kaluga ouviram um estouro. Foi estabelecido que às 5 da manhã numa floresta perto da cidade, um drone explodiu no ar a uma altura de 50 metros", disse Shapsha. "Não houve danos a instalações civis e sociais. Não houve vítimas. Representantes da lei estão no local", acrewscentou.

O governador não forneceu mais pormenores sobre o drone ou sua origem.

A cidade de Kaluga fica a cerca de 200 quilómetros  a sudoeste de Moscovo.

2023-02-06
13:24

Pelo menos 1.529 ucranianos deixaram Portugal no último ano

Pelo menos 1.529 ucranianos que obtiveram uma proteção temporária devido à guerra deixaram Portugal no último ano, representando 2,6% do total dos refugiados que pediram este apoio ao país, revelam dados do SEF enviados à Lusa.

Desde que começou a guerra na Ucrânia, em 24 de fevereiro, Portugal atribuiu até hoje 57.626 proteções temporárias a ucranianos ou estrangeiros residentes naquele país, segundo o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Numa resposta enviada à agência Lusa, o SEF indica que 1.529 cidadãos ucranianos pediram o cancelamento dos pedidos de proteção temporária que formalizaram junto do SEF.

Aquele serviço de segurança precisa que, das 57.626 proteções temporárias, 33.696 foram concedidas a mulheres e 23.930 a homens, sendo o maior número em Lisboa (12.330), Cascais (3.626), Porto (2.932), Sintra (1.950) e Albufeira (1.426).

O SEF indica também que emitiu 47.377 certificados de concessão de autorização de residência ao abrigo do regime de proteção temporária, um documento que contém os números de utente do Serviço Nacional de Saúde, segurança social e identificação fiscal e que é necessário para os refugiados começarem a trabalhar e acederem a apoios.

2023-02-06
13:08

Zelensky poderá visitar Bruxelas na sexta-feira

A União Europeia revela que “há um convite aberto ao presidente Volodymyr Zelensky para visitar Bruxelas”, mas, segundo a BBC, não confirma se ele estará presente na reunião de líderes europeus na capital belga esta sexta-feira.

O plano da viagem, que, segundo o Financial Times, inclui um discurso de Zelensky numa sessão especial do Parlamento Europeu, ainda não foi aprovado pelo presidente ucraniano.

Questionado sobre a viagem a Bruxelas, Zelensky considerou: "Existe um risco significativo e Charles [Michel] sabe disso. Discutimos esse assunto muitas vezes". "Eu quero viajar”, disse, mas “sinceramente, há grandes riscos numa viagem ao estrangeiro”.

2023-02-06
12:56

"Será muito difícil" as forças ucranianas resistirem às investidas russas "sem reforços de material e de recursos humanos"

O presidente da Ucrânia admitiu que a situação está a complicar-se, principalmente na região do Donbass. Em Bakhmut, as tropas russas intensificam posições e estão cada vez mais perto de tomarem a cidade.

Na ótica do Coronel Mendes Dias, nesta altura, "será muito difícil" por parte das forças ucranianas resistir às investidas russas "sem reforços quer do ponto de vista material, quer do ponto de vista dos recursos humanos". 

2023-02-06
12:56

Alemanha espera enviar "em breve" dois tanques para a Ucrânia

A Alemanha espera ter "em breve" o compromisso suficiente de outros países da UE para enviar os primeiros tanques de batalha Leopard 2 para a Ucrânia, disse um porta-voz do governo alemão.

Berlim prometeu 14 de seus próprios tanques Leopard 2A6 para o esforço de guerra da Ucrânia e deu aos países parceiros permissão para reexportar mais tanques de batalha para Kiev.  “O compromisso da Alemanha permanece”, disse hoje o porta-voz do governo, Wolfgang Büchner.

2023-02-06
12:04

300 mil pessoas continuam sem energia em Odesa

Cerca de 300 mil pessoas na cidade de Odesa, no sul da Ucrânia, permanecem sem energia após um "acidente tecnológico" numa subestação de eletricidade no sábado, segundo a administração militar da região, citada pela CNN Internacional.

“Os trabalhos de reparação de uma das subestações estão em curso, a situação continua complicada”, refere a mesma fonte esta segunda-feira.

2023-02-06
12:00

Noruega planeia ajudar a Ucrânia com sete mil milhões de dólares nos próximos cinco anos

O primeiro-ministro da Noruega propôs esta segunda-feira ajudar a Ucrânia com sete mil milhões de dólares nos próximos cinco anos, depois de uma reunião com os líderes da oposição. 

A Noruega, como país exportador de petróleo, tem visto as receitas do governo crescer exponencialmente depois da invasão russa da Ucrânia, à medida que a Europa procura reduzir a dependência energética de Moscovo. 

2023-02-06
10:37

Ofensiva russa intensifica-se em Bakhmut. Cidade ucraniana pode cair nas próximas horas

Bakhmut efrenta, por esta altura, uma situação particularmente complicada. As tropas russas intensificam posições no terreno e estão cada vez mais perto de tomarem a cidade.

Há localidades vizinhas que já estão mesmo a ser evacuadas por precaução. O relato é do enviado especial da CNN Portugal, Sérgio Furtado.