"Vamos esforçar-nos para desmilitarizar e desnazificar a Ucrânia", faz dois anos que Putin fez tremer o mundo com estas palavras

24 fev, 20:51

Dois anos depois, o cansaço impera na linha da frente ucraniana.
Faltam soldados, faltam armas e faltam munições. Ao mesmo tempo que o ocidente hesita, a Rússia parece ganhar novo fôlego. 

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados