"Terão de perguntar ao próprio", Marcelo garante que nunca falou com o filho sobre o caso das gémeas

5 abr, 20:42

Na primeira reação ao relatório final da IGAS, que concluiu que Belém tentou condicionar a investigação - ao não fornecer elementos essenciais quando foram pedidos,  Marcelo defendeu-se com o segredo de justiça.

Apesar de ser professor universitário de direito, o presidente assume que só deu os elementos pedidos pela IGAS quando a entidade que regula o acesso aos documentos públicos deu razão à TVI na queixa que apresentou sobre a falta de transparência de Belém neste caso.

Política

Mais Política

Mais Vistos

Patrocinados